Fotografia de casamento: gerenciando sonhos – parte 2

raphael_fraga_fotografia

Continuando nossa discussão, o item 2 de nossa lista propõe:

- Particularidades do perfil da cliente NOIVA!

Atendo diversos tipos de clientes, solicitando propostas de outros tipos que não casamento. Uma coisa que já defini bem nestes anos é que a NOIVA é uma cliente particularmente especial…

Se analisarmos brevemente a situação geral em que se encontram, fica mais fácil nos colocarmos no lugar delas e compreender melhor as atitudes, anseios e desejos!

Em primeiro lugar, muitas vezes, a idéia do casamento é um sonho alimentado desde muito cedo em sua vida; como isso é extremamente marcante e relevante pra ela, será ela, pessoalmente que tomará a maior parte das decisões envolvidas no evento. A partir daí já é natural que as responsabilidades e atribuições que ela abraça, correndo contra o tempo, vão deixá-la mais ansiosa e propensa ao nervosismo, concorda?

Em alguns casos, as atitudes podem até exceder a medida, e deixam alguns fotógrafos impacientes, chateados… mas se pensarmos friamente, com calma, veremos que cabe a nós mesmos já termos certo controle da situação, mantendo a leveza e o cuidado com essas clientes!

Um outro ponto a se considerar seria a quantidade de atendimentos pelos vários fornecedores do casamento com os quais elas tem que lidar; vão se deparar com todo tipo de qualidade de serviços e atendimentos, vão batalhar as negociações, encontrarão aqueles fotógrafos que sabemos existir, que não são transparentes, justos e querem apenas garantir mais um contrato, depositando nas mãos dos escolhidos toda a expectativa para o grande dia e tendo que confiar cegamente nos mesmos, qualquer que sejam os resultados! Isso pode ou não ser algo estressante?

Finalmente, o casal, a noiva, estão prestes a encarar uma mudança radical em suas vidas! Sair do conforto do lar, de perto dos pais e da família, definitivamente GERA INSEGURANÇA! Por mais que acreditemos que não, uma análise fria da situação e um reflexão introspectiva, vai te levar a essa conclusão. Portanto, caros fotógrafos, cuidemos muito bem dessas noivas!

Como costumo dizer em sala aos alunos, cuidemos com carinho e dedicação de TODOS os nossos clientes, mas no caso das noivas, dos casais, com doses especiais de atenção! Por mais desgastante que possa parecer para nós tais negociações, certamente do outro lado, a coisa é bem tensa e intensa!

Até a próxima!

Gerenciando sonhos – parte 1

raphaelfraga_photography_fotograma

Conforme coloquei no último post, iniciaremos uma série de discussões acerca de 10 itens que considero importantes para minha fotografia e  meu bom relacionamento com os casais que recebo e atendo. Assim o primeiro item agora dá início a essa série, e comentários, sugestões são sempre bem vindos! Vamo que vamo!!!

1- Significado prático do casamento para o fotógrafo e para o casal;

Pra início de conversa, gostaria de levantar uma questão frequente nos cursos de fotografia de casamento que ministro, que é a CERTEZA de muito fotógrafos iniciantes de que na fotografia de casamento, venderão MUITO e ganharão MUITO dinheiro, como fulano ou beltrano.

Não é bem assim, nem tão simples como parece, pois a fotografia de casamento depende além de um bom trabalho fotográfico, de uma série de pormenores que assegurem os casais que o procuram, a tranquilidade de que estão deixando em boas mãos o registro de um dos dias mais importantes dessa família que se inicia. Leva tempo, e depende de paciência por parte do fotógrafo, para que não passe o carro na frente dos bois, ou se arrisque sem necessidade!

O casamento para um casal, geralmente vai além de um simples evento, e envolve além dos investimentos de tempo e financeiro, um sonho que é alimentado ao longo da vida de ambos, principalmente da NOIVA! Por isso, é normal a ansiedade, a tensão, a expectativa, a emoção e até mesmo o nervosismo nos atendimentos e na lida diária com essa mulher. E com SONHOS, não se brinca! Porque se algo sai errado, mais do que um contrato mal cumprido ou executado, devemos levar em conta o prejuízo emocional que isso pode acarretar! Esse tipo de frustração, nenhum dinheiro do mundo pode pagar… portanto, devemos avaliar muito bem onde estamos pisando, para que não afundemos e o pior, tragamos conosco pessoas que sonharam com aquele momento e com a certeza de que teriam bons registros daquele dia tão especial!

Na ansiedade de entrar no mercado, muitas vezes vejo fotógrafos se jogando de cabeça (e de qualquer jeito) na procura de clientes com os quais possam ganhar experiência e fechar contratos de alto valor. Devemos sempre lembrar que junto desses contratos, aumenta a exigência e a responsabilidade de se entregar um trabalho compatível com o que se cobrou! Costumo dizer aos alunos que na verdade, você pode cobrar o quanto quiser por um contrato, desde que:

1- Existam clientes que paguem por ele; ou

2- Esteja pronto pra superar as expectativas daquele que o contratou!

O mercado tem espaço para muitos bons profissionais, e basta fazer a coisa acontecer da maneira correta que você pode chegar lá! Depois de 8 anos fotografando casamentos, ainda considero que tenho um longo caminho a percorrer dentro das metas que tracei pra mim. Não concordo muito com a expressão de que tem espaço para todos, uma vez que poucos buscam o conhecimento e a prática, para aperfeiçoarem sua técnica e entregar melhores resultados aos seus clientes, infelizmente! “Virar” fotógrafo hoje, condicionou-se muitas vezes ao fato de sem comprar uma câmera REFLEX e diante dos 15 anos que tenho de relação com a fotografia, tenho cada vez mais certeza de que vai muito além disso…

Na lida com casais que buscam registrar esse momento tão importantes de suas vidas, mais ainda! E um contrato fechado, não deve significar para o fotógrafo mais um contrato fechado e mais dinheiro no bolso apenas… Devemos colocar muita energia e planejamento em cada novo casamento fechado para que aproximemos bastante nosso aproveitamento dos 100% na hora do trabalho.

Lembremo-nos sempre dessa palavrinha, SONHO, quando apertamos a mão de uma noiva, de um noivo e nos comprometemos estar lá, naquele dia, pra fazer a coisa realmente acontecer…

Dessa forma, mais que um cliente, você estará garantindo boas referências do seu trabalho, da sua proposta e muitas vezes, ganhando novos AMIGOS!

 

Fotografia de Casamento: gerenciando sonhos!

raphael_fraga_fotograma_fotografia

Há algum tempo, venho matutando aqui a respeito de escrever um pouco sobre a fotografia de casamento, sob o meu ponto de vista naturalmente, e compartilhar algumas experiências práticas nestes 8 anos em que venho fazendo isso, e alertando por outro lado, fotógrafos e casais que se encontram na conjuntura de um casamento, que leva a necessidade de se contratar um fotógrafo!

Inúmeros detalhes devem ser considerados, de ambas as partes, no entanto, muitos são negligentes e simplesmente os ignoram, correndo sérios riscos ou alcançando resultados frustrantes no final da história!

Junto dessas discussões, escolherei uma das minhas fotos para ilustrar os posts, que não necessariamente tenham que dizer algo sobre o assunto abordado; simplesmente um imagem que considero bonita para acompanhar as palavras que quero trazer a vocês…

Assim, neste post, gostaria de começar falando para os fotógrafos iniciantes, que sonham em fotografar casamentos e muitas vezes, equivocadamente, acham que optando pelo casamento, vão SIMPLESMENTE ganhar rios de dinheiro por que ouviram dizer isso, ou se espelham em fotógrafos que já ralaram MUITO para alcançar a posição que ocupam hoje. Lembrem-se: NADA CAI DO CÉU!!!

Alguns tópicos que podemos listar e destrinchar calmamente post a post por aqui são:

1- Significado prático do casamento para o fotógrafo e para o casal;

2- Particularidades do perfil da cliente NOIVA!;

3- Riscos corridos pelo fotógrafo de casamento ao assinar um contrato;

4- Riscos corridos pelo casal ao se escolher e assinar com um fotógrafo!;

5- Formando uma equipe;

6- Catando FREELAS no Facebook;

7- Transparência ACIMA de tudo!;

8- Descontos miraculosos sobre a proposta oferecida;

9- Bom relacionamento entre fotógrafos concorrentes;

10- Prazeres e privilégios de ser escolhido para fotografar um casamento.

10 itens apenas listados e muito a se falar a respeito… pra começar, acredito que está bom!

Dependendo como as coisas fluírem, vamos acrescentando mais discussões, e claro, aceito sugestões de leitores que queiram saber sobre algo específico.

São todos muito bem vindos aqui sempre, e obrigado pelo tempo despendido na leitura dessas palavras!

Em breve, o item 1 inaugura essa sequência de abordagens que quero fazer pra contribuir de alguma maneira para os que tem dúvidas a respeito do assunto!

Vamo que vamo!

 

Mais uma turma, mais aprendizado e muita diversão com a T70!

O prazer e a felicidade de lecionar são imensuráveis! Considero-me extremamente privilegiado por lidar diariamente com duas grandes paixões, fotografia e a sala de aula! Melhor que isso, aulas de fotografia…

Dessa vez, estivemos juntos neste mês, eu e a Turma 70 do curso completo da Escola de Imagem. E foi muito bom mais uma vez poder conviver e partilhar com eles um pouco da minha vivência, minha trajetória dentro da fotografia!

Discutimos muito sobre as decisões a se tomar, como e quando tomá-las para a trajetória de cada um, em breve no mercado da fotografia! Como costumo dizer a eles, É POSSÍVEL, MAS NÃO SERÁ FÁCIL! Requer empenho, dedicação e até mesmo sofrimento em alguns momentos, mas subir o próximo degrau é sempre motivante e surpreendente.

Desejo a todos uma excelente caminhada, consciência e força de vontade… coloquem em prática nossas discussões sobre o marketing e sobre como tratar (sempre muito bem) seus clientes; dessa forma não será em vão e o sucesso baterá a porta de cada um de vocês!

Felicidades e muitas conquistas! É o que desejo sempre, daqui, de onde continuarei disponível se precisarem! Vamo que vamo! ;) raphael_fraga_photography-11